Futebol feminino pede por apoio em Capela do Alto Alegre

0

02Categoria que tem enfrentado bastante dificuldades no município de Capela do Alto Alegre, o futebol feminino, segue com muito esforço em busca da sua sobrevivência.
A falta de apoio do poder público se faz visível em diversas situações, e recentemente chamou a atenção uma situação específica.
” Há três semanas marcamos um jogo contra Nova Fátima, e solicitamos do poder público municipal um transporte para levar as nossas jogadoras, o pedido não foi atendido. Tivemos que dar outro jeito, buscando o apoio de alguns parceiros do esporte, e tivemos que tirar do nosso próprio bolso pra ajudar a pagar” relatou Nandara Tauane, jogadora Capelense de 23 anos.

No ano de 2015, veio a iniciativa de formar um time na cidade, por nome de UMBB (União das mulheres que batem um bolão), que devido a falta de apoio e patrocínios acabou por não ter continuidade tempos depois, apesar disso atualmente a sigla UMBB ainda acompanha a jornada da equipe.
Atualmente as meninas se reúnem para jogar apenas babas, porém o time segue sempre em busca de amistosos, pra manter a união e o entrosamento da equipe, além de fazer o que elas amam, que é jogar futebol.

“Recebemos um convite para a disputa de um campeonato em Riachão do Jacuípe que deverá começar em Setembro, fico triste, pois todas nós queríamos muito jogar a competição, porém sabemos que é impossível receber esse apoio”. Disse Nandara a nossa reportagem.
“Todos os dias lutamos por respeito e igualdade, quando falamos na inclusão e no apoio direto ao esporte feminino em nossa cidade” completou a jovem Capelense.

Por Alan Rodrigues / Interior da Bahia

Deixar um comentário