Rodrigo Chagas é demitido do comando técnico do Vitória

0

                                                                                                                                      rodrigo_chagasConforme anunciado inicialmente na noite da última segunda-feira (7), pelo repórter Anderson Mattos, no programa Fogo Cruzado, da Itapoan FM, o técnico Rodrigo Chagas não comanda mais o time do Vitória.

O treinador não resistiu a mais uma derrota, dessa vez diante do Náutico – pela segunda rodada da Série B do Brasileiro, e foi demitido do comando técnico do Rubro-negro.

Chagas começou sua carreira de treinador em 2019, comandando a equipe sub-17 do Vitória. Dois anos depois, virou auxiliar técnico e assumiu a equipe de forma definitiva após a queda de Mazola Júnior. 

No comando da equipe principal acumulou 13 triunfos em 34 partidas conquistadas. Porém, esse ano, a equipe não conseguiu se classificar mais uma vez para as finais do baiano, foi eliminada na semifinal da copa do nordeste e agora terá que “jogar a vida” contra o internacional na próxima quinta-feira, para avançar de fase na copa do Brasil.

Passagens marcantes como jogador do Vitória

Cria da base do Leão, Rodrigo foi revelado pelo Vitória e chegou aos profissionais em 1992. Ajudou o time rubro-negro na campanha que é, até hoje, a melhor de sua história no Campeonato Brasileiro, em 1993. No time baiano ficou 1995, conquistando ainda dois Campeonatos Baianos, em 1992 e 1995, e foi vendido ao Bayer Leverkusen, da Alemanha.

Em 99, o lateral direito retornou ao Vitória e ajudou a equipe a fazer mais uma boa campanha no Campeonato Brasileiro. No ano seguinte, foi vendido ao Cruzeiro, onde conquistou a Copa do Brasil de 2000. 

Sua última passagem pelo rubro-negro foi em 2002, antes de se aposentar em 2005 e virar treinador das categorias de base do Vitória.  (Fonte: Os Galáticos).

Equipe de Jornalismo

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/customer/www/radiojacuipe.com.br/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixar um comentário