II Flican terá ricos debates sobre a “Guerra de Canudos”

0

II Flican começa hoje com vasta programação e ricos debates sobre a “Guerra de Canudos”

Um dos temas mais estudados no Brasil na atualidade, a Guerra de Canudos não poderia ficar fora da pauta do principal evento literário do sertão baiano: a II Feira Literária de Canudos (Flican) começa nesta quinta-feira (08) e termina no sábado (10). Você poderá acompanhar o evento pelo canal do Youtube CanudosTV.

Cartaz-anuncia-II-Feira-Literaria-de-Canudos-20210405-678x381-1Autores, artistas e pesquisadores vão se debruçar sobre os aspectos históricos, místicos e o impacto desse símbolo de luta e resistência, no contexto contemporâneo do país. Entre os participantes das mesas estão importantes especialistas no assunto, como o coordenador do Centro de Estudos Euclydes da Cunha da Uneb, Manoel Neto, o cineasta Antônio Olavo, o fotógrafo Evandro Teixeira e o escritor Eldon Canário.

Programação

conselheiro-evoDesfile pelas ruas de Canudos aconteceu na primeira Flican (Foto: Evandro Matos/Interior da Bahia)

14h – Desfile literário;

14h30 – Interpoéticas com Vitória Luisa – Sertão Sol e Paloma Aleoncio

14h40 – Mesa 1 – Assombros e Encantados no imaginário sertanejo, com Rosana Ribeiro Patrício (Uefs), Franklin Carvalho e Márcio Benjamin;

15h30 – Um Doutorado para Canudos- Dr. Osmar Moreira (Coordenador do Programa de Pós-graduação e Pós-CríticaT/Uneb);

16h – Selo Flican – Premiação: Concurso Literário- A produção intelectual dos estudantes de Canudos com lançamento do projeto do livro: A residência da palavra; mediador: Roberto Gama (Secretário Municipal de Educação de Canudos);

19h – Concerto de Abertura com Orquestra Sisaleira (BA)

19h30 – Ode aos homenageados da Flican: José Calasans, Edivaldo Boaventura, Evandro Teixeira e Tripoli Gaudenzi;

19h50- Abertura Oficial: Jerônimo Rodrigues (Secretário de Educação da Bahia), Zulu Araújo (Presidente da Fundação Pedro Calmon), José Bites de Carvalho (Reitor da Uneb), Jilson Cardoso (Prefeito de Canudos), Roberto Gama (Secretário de Educação de Canudos), Vanderlei Leite (Presidente do Instituto Popular Memorial de Canudos- IPMC), e Luiz Paulo Neiva (Curadoria da Flican);

Canudos-destaque-1A Guerra de Canudos será o tema da II Flican

20h25- Poesia de Antonio Barreto em homenagem a José Calasans

20h30- Conferência inaugural: José Calansas, o demiurgo de Canudos; com Walnice Galvão (USP);

21h30- Show com Bião de Canudos

Mesas

Amanhã, sexta-feira (09), às 14h15, acontece a mesa de debates “Evocação de Canudos”, que será mediada pelo curador da Flican, professor Luiz Paulo Neiva. A mesa contará com a participação de Manoel Neto, Pedro Lima Vasconcelos (Universidade Federal de Alagoas), Floriza Sena (Instituto Popular Memorial de Canudos), do historiador João Batista e do professor João Ferreira.

flicanA I Flican, reuniu debatedores de todo o Brasil (Imagem|: Cariri Cangaço)

 “Evocação de Canudos, do presente ao passado ou do passado ao presente, pode significar a presentificação dos fenômenos que deram forma a Canudos, desde as imagens dos rincões desertos do sertão, da sua formação societária, econômica, histórica, política, religiosa, linguística até a formação da fazenda canudos, do arraial de Canudos e de suas gentes chegadas com o Conselheiro, das forças desiguais e antagônicos, dos palcos e horrores da guerra fratricida, das águas do rio Vaza Barris represadas no Cocorobó, sepultando os restos da Delenda Canudos, a Jerusalém de Taipa”, diz Luiz Paulo Neiva, que também é diretor do Campus Avançado da Uneb em Canudos,

Ainda na sexta-feira, às 19h20, acontece a mesa “Museu João de Régis: Olhares e vertigens na memória”. O debate contará com a participação do cineasta Antônio Olavo, do fotógrafo Evandro Teixeira, um dos homenageados desta feira, além do historiador Sérgio Guerra, que falará sobre o acervo fotográfico de Flávio de Barros, que foi um dos poucos a registrar imagens da Guerra de Canudos e autor da única foto conhecida de Antônio Conselheiro.

“Minha história com Canudos começou há 38 anos, quando fui fazer um trabalho como fotógrafo em Monte Santo e ouvia as pessoas falarem das histórias de seus antepassados. A partir daí, comecei a me interessar e pesquisar sobre o assunto, que é hoje um dos mais estudados nas universidades brasileiras. Canudos não se rendeu e não se renderá. Canudos, memória eterna!”, diz Antonio Olavo.

olavo-tomfenacaO cineasta Antonio Olavo será um dos debatedores da sexta-feira (Foto: Tom França)

Depoimentos e passeios virtuais

No sábado, às 19h, o tema Olhares e vertigens na memória coloca em destaque o trabalho do artista plástico Trípolli Gaudenzi, convidado que também é um dos homenageados desta edição pelas suas obras sobre Canudos, e do poeta e pesquisador José Aras, já falecido (1893-1979). Ele será evocado por Lina Aras, uma de suas descendentes.

Outro ponto forte serão os depoimentos memoriais que serão apresentados, ao longo da Flican, resgatando a história de luta e resistência dos antigos habitantes do lugar. Dona Duru e Joselina Guerra falarão sobre os relatos que ouviram de seus antepassados, nas manhãs de sexta (09/04) e sábado (10/04), respectivamente. A programação dos depoimentos memoriais também terá a participação de Eldon Canário, que se apresenta na tarde de sexta, e que falará sobre o cotidiano da sua  vida na segunda Canudos.

canudos_luiz_pauloProfessor Luiz Paulo Neiva é o curador da Flican (Foto: Evandro Matos)

O público poderá acompanhar ainda um passeio virtual por locais guardadores da memória histórica, tais como, Memorial Antônio Conselheiro, o Parque Estadual de Canudos, Museu Manoel Travessa, Instituto Popular Memorial de Canudos e o Museu João de Régis, que foi implantado recentemente, sob a curadoria do artista plástico e cenógrafo Edmilson Santana.

A II Flican é uma realização da Dona Edite Comunicação Integrada. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. Toda a programação da feira poderá ser conferida, gratuitamente, pelo público no canal Youtube do Campus Avançado da Uneb em Canudos e pela Canudos TV.

(Fonte: Evandro Matos/Interior de Bahia)

Equipe de Jornalismo

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/customer/www/radiojacuipe.com.br/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixar um comentário