Riachão: Chove a noite inteira e situação do município e desesperadora

0

PONTE-BARRA A situação no município de Riachão do Jacuipe é de desespero em decorrência das chuvas que começaram desde as 17h desta quinta-feira (21) e continuaram praticamente durante toda a noite e madrugada desta sexta-feira (22).

desabrigaos As águas já invadiram várias ruas e bairros da cidade, deixando mais de mil pessoas desabrigadas. Os bairros mais atingidos são Alto do Cruzeiro, Jatobá, Bela Vista, Alto do Cemitério, Ranchinho, Clériston Andrade, Barra e São José.

A situação é desesperadora na cidade. Vários voluntários tentam ajudar os moradores que acordaram com as água invadindo as casas. Vários veículos foram arrastados, rios transbordam e algumas pontes caíram, deixando moradores de várias regiões ilhados.

A BR-324 também está sem trafegabilidade no trecho Riachão a Feira de Santana e no sentido contrário. Uma ponte sobre o Riachão do Boqueirão, que passa no bairro da Barra e cruza com a rodovia, cedeu e comprometeu a estrutura.

rio A prefeita já decretou estado da calamidade pública. O rio Jacuipe, maior afluente do Paraguaçu, passa com grande volume de água. Segundo alguns moradores, “a enchente é igual ou maior que a de 1980”, quando também desabrigou vários moradores.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros era aguardada na cidade para socorrer os desabrigados. A Coelba desligou a energia nos bairros afetados para evitar uma tragédia com fios descobertos nas ruas. Durante parte da manhã e à tarde a energia faltou geral, repetindo à noite, deixando a cidade às escuras. Boa parte do comercio não abriu as portas à tarde.

Cratera ameaça trafegabilidade da BA-120

ESTRADA-COITE Uma grande cratera se abriu com as chuvas que caíram nas últimas horas sobre a BA-120, trecho de Riachão do Jacuipe a Conceição do Coité durante a manhã desta sexta-feira (22).

A cratera foi aberta provavelmente por causa das águas vindas pelo sangradouro do Açude do Cedro, que se chocaram contra a rampa da pista. Como a movimentação de veículos foi mais intensa pela rodovia nesta sexta-feira, é provável que tenha forçado e o terreno cedido.

 

 

 

 

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário