Riachão: Prefeita anuncia que cidade receberá a Tocha Olímpica Rio 2016

0

A cidade de Riachão do Jacuipe está confirmada na rota da Tocha Olímpica Rio 2016. A informação foi dada pela prefeita Tânia Matos ao Jornal da Manhã, na Rádio Jacuipe AM, na manhã da última segunda-feira (06).tochaolimpica_toddwarshaw_getty

Além de Riachão do Jacuipe, Salvador, Vitória da Conquista, Senhor do Bonfim, Porto Seguro, Paulo Afonso e Ilhéus também estão confirmadas entre as cidades baianas que irão receber a rota da Tocha Olímpica Rio 2016. As sete cidades baianas fazem parte do grupo de 300 cidades brasileiras que vão receber a tocha.

A prefeita Tânia Matos disse que ficou surpresa e contente após receber a noticia na última sexta-feira. “Recebi uma ligação de Brasília, confirmada o nome de Riachão como uma das cidades que irão receber a Tocha Olímpica. Para mim foi muito gratificante e me deixou muito alegre”, disse a prefeita explicando na emissora o seu contentamento com a noticia.

A prefeita informou que uma pessoa de Riachão será escolhida para carregar a tocha na passagem pela cidade. De imediato, o repórter Mario Amaral repassou uma sugestão da emissora à prefeita sobre a opção do nome do maratonista Fredson Costa. “Por incrível que pareça, foi este o nome que havia pensado primeiro. E nós vamos lhe fazer o convite”, conformou.

Divulgação

Os nomes das cidades foram divulgados na sexta-feira (03), em Brasília, durante cerimônia do Comitê Organizador Rio 2016. O governador da Bahia, Rui Costa, foi representado no evento pelo titular da Representação do governo baiano em Brasília, Jonas Paulo. O ato teve a participação da presidente Dilma Rousseff, do presidente do Comitê Organizador, Carlos Arthur Nuzman, atletas paraolímpicos, ex-atletas, além de outras autoridades.

A chama do maior evento esportivo do mundo chega ao Brasil em maio de 2016, levando a mensagem de paz, união e amizade aos quatro cantos do país. A presidente Dilma afirmou que será com muito orgulho que o Brasil receberá os Jogos Olímpicos Rio 2016. É o primeiro país da América do Sul a receber o evento mundial.

“Vamos responder à altura o desafio que recebemos, faremos uma olimpíada histórica e temos certeza de que será segura”, garantiu a presidente, ao citar o trabalho da segurança realizado durante a Copa do Mundo em 2014.

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário