Empresário processa Mara Maravilha e pede 400 000 reais

0

$ (1)A apresentadora Mara Maravilha, do SBT, está sendo processada pelo empresário Leandro Bernal, que cobra dela R$ 400 mil por quebra de contrato cuja duração era de cinco anos. Ele afirma ter sido chamado em 2015 para melhorar a imagem da artista, com quem havia trabalhado anteriormente. “Ela estava esquecida fazia duas décadas, passando por dificuldades financeiras, com depressão e fora dos padrões físicos da TV”, diz Bernal na ação.

Além de pagar consultas médicas e contas pessoais de Mara, o autor do processo afirma ter alugado computadores para que fãs votassem pela permanência dela no programa A Fazenda, da TV Record. Mesmo assim, Mara foi eliminada. De volta à atração, ela deu três tapas em um participante durante uma festa, o que resultou no cancelamento de diversos eventos, sobretudo em igrejas evangélicas. Após esse episódio, a apresentadora não teria mais dado notícias ao empresário, até ser contratada pelo SBT, em 2016. “Eu e minha mulher a tratamos como filha e nos sentimos traídos.” Procurada, Mara Maravilha não quis comentar.

Fonte: Veja São Paulo

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário