Filhas do deputado Alex da Piatã sofrem tentativa de assalto e sequestro em Coité

0

titanic-leonardo-dicaprio-kate-winslet

As duas filhas adolescentes do deputado Alex da Piatã (PSD), L, de 15 anos e L, 17, foram feitas reféns por um homem, quando chegavam à residência de uma tia na Rua João Ferreira da Silva, no bairro da Caixa D’Água, Conceição do Coité. Segundo relato de uma tia das jovens, divulgada inicialmente no grupo de WhatsApp da Associação do Bairro, as sobrinhas estavam chegando em sua casa por volta das 17h15, quando foram abordadas pelo criminoso que simulava está armado, ou seja, colocava uma das mãos dentro da camisa como se estivesse segurando um revólver.

A abordagem aconteceu na rua e as adolescentes foram levadas para dentro do muro da residência, onde também estava a esposa do deputado, Val, atual secretária de Assistência Social e vice-prefeita do município, duas irmãs, sobrinhos e dois cunhados.

Momento que o individuo chega a pé até quando é dominando. As jovens não aparecem na imagem, mas estão na frente do portão.

Os cunhados da vice-prefeita conhecidos por Luciano e Gileninho foram ao encontro das sobrinhas, pois, foram vistas pelo sistema de monitoramento da frente da casa, sendo seguradas pela gola da blusa, quando saíram flagraram o individuo segurando as adolescentes. Ao perceber os tios das jovens o bandido passou a ameaçar e chantagear, quando eles começaram a negociar a libertação, porém, o sequestrador permanecia irredutível. Um das filhas do parlamentar percebeu que o mesmo não estava armado e avisou aos tios que reagiram e dominaram o criminoso.

A Policia Militar foi chamada ao local e ao chegar encontrou o homem dominado colocou na viatura e o levou até a Delegacia de Polícia. Na nota publicada, a cunhada do parlamentar relata que ao chegar a delegacia para registrar a ocorrência e prender o individuo, encontrou o departamento fechado e “o cara tá solto”.

O criminoso teria dito que é natural de Salvador e que está respondendo por outros crimes, as pessoas cogitaram a possibilidade de o mesmo ter sido beneficiado com o indulto do dia dos pais.

O deputado Alex da Piatã disse que foi informado do fato pela esposa e no momento participava de um ato na igreja católica, quando estava sendo empossado o novo padre da Paróquia. “Assim que fiquei sabendo, mantive contato com a polícia e procurei acalmar a todos.  Eu já tinha agendado uma audiência para esta segunda-feira, dia 14, com a Secretária de Segurança Pública, para tratar desta questão da delegacia não funcionar nos fins  de semana, pois, já tinha recebido outras queixas e para realizar uma ação para acabar com essa guerra de facções que está existindo em Coité, conforme vocês mesmo do Calila tem divulgado, resultando no episódio do bairro do Pampulha na semana passada onde o desespero da população foi externado nas redes sociaisa morte de um jovem no CAIC sendo o corpo encontrado na manhã de sábado, e por último, os tiros ouvidos e com uma pessoa ferida no domingo à noite também próximo ao CAIC. Não é possível continuar assim”, desabafou.

O motivo da liberação do individuo que manteve as filhas do deputado por alguns minutos de refém, o CN não teve conhecimento, mas é de conhecimento de pouca gente que qualquer apresentação de suspeito a Delegacia no fim de semana nas cidades que são vinculadas a 15ª Coordenadoria de Policia do Interior – COORPIN com sede em Serrinha, deve ser na referida cidade onde tem sempre um delegado de plantão e este delegado pode ser o titular de qualquer Delegacia, inclusive da cidade para onde o suspeito foi levado e encontrou fechada.

Minutos depois da ação da PM na captura do individuo que tentou assaltar ou sequestrar as filhas do deputado a PM foi solicitada para se dirigir ao Caic onde ocorria uma tentativa de homicídio.

Delegacia justifica 

A delegada titular da DEPOL de Conceição do Coité Ludmila Araújo entrou em contato com a redação do CN para justificar o motivo de não receber flagrantes nos finais de semana, pois, foi citado na matéria que o individuo foi levado na viatura da PM e como a delegacia estava fechada acabou sendo liberado, quando deveria ser apresentado em Serrinha.

Leia nota na íntegra

De acordo com a Portaria do Diretor do Departamento da Polícia Civil da Bahia, elaborada no dia 06 de outubro de 2016, as Delegacias da Bahia que não são sede de Coordenadoria devem funcionar em regime administrativo, de segunda a sexta, das 8:00h as 12:00h e das 14:00h as 18:00h. De acordo com o Código de Processo Penal, no art. 308, “não havendo autoridade no lugar em que se tiver efetuado a prisão, o preso será de logo apresentado em lugar mais próximo”. A sede de Coordenadoria mais próxima de Conceição do Coité é situada em Serrinha, onde possui Delegado, escrivão e investigadores a disposição para atender as ocorrências das 19 (dezenove) cidades que compõem essa Coordenadoria. A Polícia Militar, em caso de qualquer ocorrência fora dos horários administrativos, deve-se encaminhar os envolvidos para a Delegacia mais próximo, que no caso em questão, é Serrinha.


Calila

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3509