Publicitário terá de pagar R$ 40 mil a Bell Marques por ofensa na internet

0

Sem títuloO publicitário baiano Nizan Guanaes perdeu mais um round na disputa judicial travada com o cantor Bell Marques desde 2010, quando foi processado por postar na internet declarações consideradas ofensivas pelo ex-líder da banda Chiclete com Banana. Em decisão publicada ontem pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ), a desembargadora Licia de Castro Laranjeira rejeitou o recurso especial interposto pelos advogados de Nizan contra a sentença que o condenou, em outubro de 2014, a pagar R$ 40 mil de indenização por danos morais ao artista.

Para lembrar
A queda de braço entre Bell e Nizan começou em 12 de janeiro de 2010. À época, o publicitário associou o cantor ao período de decadência vivido pela capital baiana. “Salvador está como Bell: careca e fingindo que tem trança. Essa indústria do axé, personificada em Bell, só destrói a Bahia”,  afirmou, em seu Twitter. No dia seguinte, pediu desculpas publicamente e em carta pessoal enviada ao artista, disse que errou ao jogar nele seu “bode” com o empresariado da axé music, mas o ex-chicleteiro decidiu levar o caso à Justiça um mês depois.

“Quem usa o Ferry vê que quanto é caótico. Não há  justificativa  para reajuste. É um absurdo”, Téo Senna, vereador do PHS, sobre o aumento na tarifa autorizado pelo governo.

Nova decolagem
Com a conquista do voo da Condor para Munique, que entrará em operação no início de novembro, Recife deu outro passo para tomar de Salvador a liderança do mercado aéreo nordestino. Agora, a capital pernambucana terá ligação direta com dez destinos internacionais, o dobro da rival baiana.  Além de Munique, a lista inclui Frankfurt, Miami, Orlando, Lisboa, Milão, Buenos Aires, Montevidéu, Cidade do Panamá e Praia, capital de Cabo Verde. Já Salvador, que caminha em trajetória descendente, tem voos para Lisboa, Madri, Buenos Aires, Montevidéu e, a partir de setembro, Bogotá.

Fala, Promotoria!
Em resposta encaminhada à Satélite, o Ministério Público do Estado (MP) manifestou “perplexidade” em relação à nota Teto de Vidro, publicada na edição de ontem,  e disse estar à disposição para prestar todas as informações necessárias sobre suas licitações. “A instituição preza pela completa transparência e lisura em todos os seus procedimentos administrativos e repudia qualquer tentativa infundada de ataque à credibilidade do Ministério Público, bem como a divulgação de informações inverídicas sem que seja garantido o prévio exercício do contraditório”, afirmou o MP, através de sua assessoria de imprensa.

Volta ao ninho
Pelo visto, deu certo a ofensiva do presidente Michel Temer (PMDB) para garantir o apoio do deputado federal Roberto Britto (PP) na votação da denúncia que tramita contra ele na Câmara. Ontem, Britto emplacou novamente no comando da Ceplac o advogado Carlos Alexandre Brandão. Ex-superintendente do órgão de dezembro de 2015 a agosto de 2016 por indicação de Britto, Brandão foi exonerado na limpa feita pelo Planalto em cargos federais que pertenciam à cota de parlamentares contrários ao impeachment da ex-presidente Dilma  Rousseff (PT).

Porteira aberta
No mesmo compasso, Michel Temer recebeu ontem outros dois deputados baianos que se posicionaram a favor de Dilma Rousseff na Câmara. Dessa vez, a conversa reservada no gabinete presidencial foi com Sérgio Brito e José Nunes, ambos do PSD. Como a direção estadual do partido é controlada pelo senador Otto Alencar, que entrou em rota de colisão com o Planalto, resta saber se a dupla vai seguir as determinações do cacique na votação marcada para 2 de agosto ou dançar em outra tribo.

Pílulas
Copia e cola  O presidente da União dos Municípios da Bahia, Eures Ribeiro (PSD), resolveu seguir os  passos do correligionário Ângelo Coronel, presidente da Assembleia Legislativa, e criou um programa de entrevistas para a internet. Chamado Eures Ribeiro Convida, a atração será lançada na semana que vem. Entrevistas com o senador Otto Alencar (PSD) e o ex-governador Jaques Wagner (PT) já foram gravadas.
Pela boca  Embora Ângelo Coronel tenha criticado duramente a TV Alba, ele usa parte da equipe da emissora da Assembleia para produzir conteúdo audiovisual divulgado em sua página no Facebook, através do canal digital FETV.
Chapa forte  Apesar das intermináveis queixas de cardeais governistas ao secretário de Relações Institucionais, fontes do alto escalão do Palácio de Ondina afirmam  que dificilmente Josias Gomes será rifado antes do limite para desincompatibilização. A blindagem ao deputado licenciado vem da cúpula do PT baiano, onde Josias possui  o mesmo tipo de influência que o ex-ministro José Dirceu tem sobre o comando petista.

Correio*

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3510