Riachão: Jornada é aberta, mas clima é de apreensão entre os professores

0

jornada-preA Secretaria Municipal de Educação de Riachão do Jacuipe abriu a Jornada Pedagógica 2017 na manhã desta terça-feira (21), na sede da Associação Atlética Banco do Brasil – AABB, com a presença do Prefeito Zé Filho, diversos secretários, professores, funcionários e diretores de escolas municipais.

O Prefeito Zé Filho abriu a Jornada Pedagógica destacando a importância da educação no processo de transformação da sociedade. “Tenho a certeza de que uma educação de qualidade se faz por meio da união de forças, com a participação e o envolvimento de toda comunidade escolar. E vocês, professores, tem um papel importante na vida desses jovens e no futuro de cada um desses jacuipenses”, disse.

JORNADA-APREENSAOA Jornada tem como objetivo promover reflexões sobre a prática pedagógica em prol de uma cultura emancipadora em todas as instâncias educativas. Este ano, o tema da Jornada é “a educação emancipadora, entendida como caminho a ser trilhado rumo à conquista da autonomia dos sujeitos”. O evento começou nesta terça (21) e se encerra na próxima quinta-feira (23). Público alvo: professores, diretores, vice-diretores, coordenadores, educadores sócias, gestores e demais profissionais da educação.

Entre as atividades desenvolvidas estão palestras como “Educação emancipadora: humanizando saberes e refinando afetos”; com o conferencista Uberdan Cardoso; “Diversidade, emancipação e inclusão mais que um desafio social, um desafio escolar”, com o conferencista Jonatas Santiago.

Clima apreensivo

jornada-climaO clima entre os professores era de apreensão durante a abertura da Jornada Pedagógica, devido ao impasse gerado entre o prefeito Zé Filho e a categoria por conta da retirada de vantagens no salário de janeiro, só repostas depois de acaloradas assembleias realizadas pelos sindicatos (SINSPUM e APLB-Sindicato).

Os professores haviam ameaçado boicotar a própria Jornada e fazer paralisação, caso os valores abatidos nos contracheques não fossem depositados. Na abertura do evento, nesta terça-feira, muitos professores estavam com o rosto abatido, alguns cabisbaixos e outros pensativos.

 Mesmo com a reposição das vantagens retiradas inicialmente, o clima na Secretaria de Educação é de incertezas. Além do fechamento de algumas escolas, professores e diretores não se sentem à vontade para trabalhar. Alegando “falta de condições de trabalho”, ao menos duas diretoras já entregaram os cargos.

Presenças na Jornada

Além do prefeito Zé Fjornada-mesailho e do vice-prefeito e Secretário de Administração, Catarino Rios, estavam presentes também os secretários Raimundo Moreira (Educação), Anailza Carneiro (Assistência Social), Juliana da Silva (Saúde), Joaquim Mendes (Infraestrutura e Serviços Públicos), Antônio Brito Junior (Governo), José Raimundo Martins (Chefe de Gabinete).

Também estavam presentes o presidente da Câmara, Antônio Marcos, os vereadores Lucas Wiliam, Zil de Barreiros, Robinho, Franklin Santana e Nilton da Chapada, além da presidente do SINSPUM, Maria Rios, e a diretora da APLB, Jucelma Santos.

Fonte: Interior da Bahia

 

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3509