Sem oito titulares, Bahia se impõe e vence na estreia do Baiano

0

Sem títuloO Bahia poupou oito titulares, mas fez o suficiente para estrear com vitória no Campeonato Baiano. Um gol em cada tempo, sem muita dificuldade, e placar de 2×0 contra o Jacobina em Pituaçu, na noite deste domingo (29). Jean, Eduardo e Zé Rafael foram os únicos titulares do empate em 0x0 contra o Fortaleza, na estreia da Copa do Nordeste, que iniciaram em campo.

O plano de Ricardo Silva, técnico do Jacobina, era montar a boa e velha retranca para tentar conter o favoritismo tricolor, mas a estratégia teve vida curta. O primeiro gol do Esquadrão sobre o Jacobina aconteceu aos 13 minutos, quando Edson roubou a bola no campo de ataque e fez ótimo passe, que abriu um clarão para Zé Rafael. O camisa 18 entrou livre na grande área e bateu tranquilo de canhota no canto esquerdo do goleiro Tiago Chitão: 1×0.

Logo depois do primeiro gol, o time de Guto Ferreira tentou ampliar o marcador. Eduardo foi na linha de fundo e cruzou na medida para Gustavo, que iniciou o jogo no lugar de Hernane. O atacante testou sobre a meta de Tiago Chitão. Aos 20, outra chance, desta vez em cobrança de falta. Renato Cajá bateu forte e a bola passou perto.

A única chance de gol do Jacobina veio depois de um quase frango de Jean. O volante Marconi, ex-Vitória, chutou de longe, meio sem pretensão. Jean foi para o lance, mas vacilou e a bola escapuliu, parando sobre a linha. A torcida do Bahia tomou um susto em Pituaçu.

Ainda no primeiro tempo, o tricolor chegou a marcar o segundo gol, com Edson completando finalização de Renato Cajá, mas o árbitro anulou erradamente, alegando impedimento.

A etapa final seguiu a cartilha desenhada desde o começo do jogo. O Bahia continuou com o controle da partida e o Jacobina jogando por uma bola. A diferença foi a presença de Juninho em campo. O volante entrou ainda no começo do jogo em substituição a Matheus Sales, que já tinha cartão amarelo.

Aos 22 minutos, o camisa 5 ensaiou o seu primeiro gol na partida, que seria uma pintura. Ele cobrou escanteio fechado e por pouco não fez um gol olímpico. Chitão salvou. No entanto, também com dose de artista, Juninho converteu o segundo do Bahia na partida em cobrança de falta certeira aos 30 minutos.

Guto Ferreira mandou a campo Jean, Eduardo, Lucas Fonseca, Éder e Matheus Reis (Juninho Capixaba); Matheus Sales (Juninho), Edson e Renato Cajá; Zé Rafael, Diego Rosa e Gustavo (Hernane).

O Bahia volta a jogar quarta-feira, contra o Jacuipense, no Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe. No mesmo dia o Jacobina recebe a Juazeirense, no estádio José Rocha.

Correio

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3509