Capitão do Leão comemora boa fase no clube

0

sem-tituloO volante Willian Farias é o melhor exemplo de jogador que não precisa ser artilheiro para cair na graça do torcedor. Como um xerife, o camisa 5 rubro-negro impõe respeito na marcação e tem sido um dos únicos poupados das críticas recentes ao Leão.

Se Farias já é respeitado apenas evitando jogadas ofensivas do adversário, imagina quando resolve fazer gol? Gol não, golaço. No duelo diante do Figueirense, no último domingo, o atleta rubro-negro balançou a rede com uma bomba de fora da área. Em toda sua carreira, foram quatro gols, metade deles no Vitória.

“Minha esposa disse que ouviu uma pessoa dizer que eu demoro para fazer gol, mas quando faço, é só golaço. Sinceramente, não tenho explicação sobre meu momento fantástico no Vitória. Deus não demora, ele capricha, né? Deve ter a mão de Deus nestes meus chutes”, disse Farias.

O capitão rubro-negro confessa que não tinha muitas esperanças de sucesso no Leão. Para ele, a fase difícil no Cruzeiro ofuscava qualquer vontade de superação aqui no Vitória. Para se ter uma ideia, em 2015, Willian Farias só fez 15 jogos pela Raposa. Neste ano, no Vitória, o camisa 5 já tem 46 jogos, todos como titular.

“Quando cheguei aqui, estava arrebentado. Tive um ano difícil. Não tive sequência no Cruzeiro, problemas familiares, de cirurgia… Cheguei aqui com desconfiança. Até desconfiei de mim mesmo. Se eu cresci aqui, foram meus companheiros que acreditaram em mim no Vitória. Não crescemos sozinhos e nem viramos uma referência sozinhos. Credito minha fase a todos que me ajudaram aqui”, acredita.

Mesmo feliz no Leão, Willian Farias ainda não sabe se o futuro será no Vitória. Emprestado, ele retorna ao Cruzeiro no final do ano, pelo menos por enquanto. “Não tenho pré-contrato. Temos algumas conversas em andamento. O que tenho para hoje é meu contrato com o Cruzeiro até o final de 2017. É um ano político no Vitória e não sabemos o que vai acontecer, né? Torço para que a turma que está aí continue este belo trabalho”, elogiou Willian Farias.

Vindo de um bairro modesto de Curitiba, Willian Farias não esconde seu passado como torcedor do Coritiba,  adversário do Vitória na próxima segunda-feira, no Couto Pereira. Ele era frequentador do estádio e saiu da base do Coxa. Porém, pela primeira vez vestindo a camisa do Leão, vai entrar no estádio paranaense como inimigo.

Correio*

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3509