Ivo Pitanguy morre no Rio de Janeiro aos 93 anos

0

Sem títuloMorreu neste sábado (6) no Rio o cirurgião plástico Ivo Pitanguy, aos 93 anos. Ele estava em casa e sofreu uma parada cardíaca, segundo informações de sua assessoria. O funeral está previsto para este domingo (7) no Memorial do Carmo. Seu corpo será cremado.

Pitanguy fez do Brasil a principal referência mundial em cirurgia plástica ao desenvolver técnicas nas áreas de estética e de reparação. Transformou a vida de milhares de pacientes, famosos e anônimos. Formou gerações e gerações de alunos, novos cirurgiões que aprenderam com ele a respeitar e valorizar a autoestima dos pacientes.

Além da carreira médica, se destacou também como escritor, vindo a se tornar membro da Academia Brasileira de Letras. Ele foi eleito em 1990 o quarto ocupante da Cadeira 22.

Pitanguy amava o trabalho, a harmonia e a natureza. Costumava dizer que nunca conseguia definir o conceito de beleza, mas sempre que a encontrou soube percebê-la. Também falava que a cirurgia plástica é uma tentativa de buscar a harmonia entre corpo e espírito, a emoção e o racional.

Em junho, ele foi hospitalizado para tratar de uma infecção. Desde setembro do ano passado, quando apresentou um problema renal durante uma viagem a Paris, passou a se submeter a sessões de hemodiálise.

Nesta sexta (5), em uma cadeira de rodas, o médico empunhou a tocha olímpica na Gávea, Zona Sul do Rio, bairro onde está localizada sua clínica de cirurgia plástica.

Pitanguy deixou mulher, quatro filhos e cinco netos.

2

Pitanguy Conduziu a tocha olímpica no Rio na sexta-feira, (5)

G1

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3509