Com novo Nordestão, clubes darão adeus aos estaduais

0

Sem títuloDepois de se posicionar contra a CBF e anunciar que priorizaria a Sul-Americana em detrimento da Copa do Brasil nesta temporada, o Sport mantém conversa com outros clubes em nova linha de frente sobre o calendário: deixar de disputar os estaduais e se dedicar apenas à Copa do Nordeste nos primeiros meses do ano. A articulação foi confirmada pelo presidente João Humberto Martorelli durante a festa de lançamento do Brasileiro, em São Paulo.

O movimento havia sido revelado anteriormente pelo ESPN.com.br.

Uma reunião sobre o assunto foi realizada recentemente no Recife e a expectativa é de que ele seja retomado a partir da próxima semana.

Entre as mudanças propostas inicialmente para o Nordestão, estão as seguintes:

– a redução de 20 para 12 participantes no Nordestão;

– a disputa de turno único em pontos corridos para definir semifinalistas;

– ranking da CBF na primeira temporada como critério para escolha de participantes;

– criação da Série B do regional, que, a princípio, seria subsidiada com receita da A, teria como fórmula o mata-mata e seria formada a partir da classificação dos estaduais;

– e o adeus dos membros da primeira divisão aos seus respectivos campeonatos locais.

A princípio, existem empecilhos nesse sentido, como uma eventual briga com as federações, que se encontraram recentemente na sede da CBF, no Rio de Janeiro, com essa pauta, os contratos de TV ainda em vigência dos estaduais – na Bahia, ele se encerra em 2020, enquanto que no Ceará e em Pernambuco, em 2018, por exemplo – e, por fim, o receio de que parte dos clubes recue por pressão nos bastidores.

ESPN Uol

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário