Procuradoria do TJD-BA adia decisão sobre caso Victor Ramos

0

vrA procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA) adiou o parecer sobre a ação do Flamengo de Guanambi que pede punição ao Vitória pela suposta escalação irregular do zagueiro Victor Ramos na partida de volta das quartas de final entre os times, vencida pelo Leão por 3 a 0. O Vitória avançou com o resultado.

A decisão estava prevista de sair nesta sexta, mas a procuradoria resolveu adiar uma resolução sobre a polêmica – caso a ação seja deferida, um julgamento deve ser marcado. A outra opção é que o caso seja arquivado. A expectativa é que a decisão sai no início da semana que vem.

A escalação de Victor Ramos é alvo de polêmica por conta de uma suposta irregularidade. O contrato do zagueiro rubro-negro foi publicado no Boletim Informativo Diário da CBF em 18 de março, depois do prazo definido pelas regras do Baianão para inscrição de jogadores que chegam em transferência internacional. Ramos, de volta à Toca, está emprestado pelo Monterrey, do México.

O Vitória defende que a transferência foi nacional, pois a documentação do atleta veio direto do Palmeiras, último clube em que jogou, já que não voltou ao México.

 

Correio*

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário