Brasil se dá bem no sorteio dos grupos da Copa América Centenário

0

copa2

Dunga repetiu o desgastado lema de que “quem quer ser campeão não escolhe adversário”, mas é inegável que a seleção brasileira deu sorte na definição dos grupos da Copa América Centenário, que será disputada de 3 a 26 de junho nos Estados Unidos. No sorteio realizado neste domingo em Nova York, com a presença do treinador, o Brasil caiu no Grupo B ao lado de Equador, Haiti e Peru.

“Vamos enfrentar as dificuldades de sempre contra os grandes rivais, que têm condições de ficar com o título, e também contra aquelas seleções consideradas sem tradição. Temos é que nos preparar muito bem para superar qualquer adversário, encarando todos com respeito”, disse o técnico Dunga ao site da CBF após o sorteio.

Técnico do Barça não garante presença de Neymar na Copa América e na Rio-2016

O grupo mais equilibrado é o A, com o anfitrião Estados Unidos, Colômbia, Costa Rica e Paraguai. A Argentina, uma das favoritas, entrou no Grupo D com o campeão Chile, Panamá e Bolívia. O C tem México, Uruguai, Jamaica e Venezuela.

O Brasil estreará no dia 4 de junho contra o Equador, no estádio Rose Bowl, em Pasadena, onde a seleção conquistou o tetracampeonato na Copa do Mundo de 1994. No dia 8, enfrenta o Haiti, em Orlando, e fecha a fase de grupos contra o Peru, no dia 12, em Foxborough, na região metropolitana de Boston.

Dunga admitiu que pretende levar o craque Neymar para a disputa da Copa América e também da Olimpíada do Rio de Janeiro, mas disse que ainda conversará com o Barcelona para negociar sua liberação.

Corrupção – Além do aspecto histórico, a Copa América Centenário também ficará marcada por ter sido a competição que serviu como base para desvendar um milionário esquema de corrupção que levou vários cartolas até então considerados intocáveis à prisão. Até agora, 41 dirigentes e empresários estão denunciados sob a acusação de cometerem crimes diversos.

José Maria Marin, ex-presidente da CBF, é um dos brasileiros envolvidos no escândalo. Acusado de fraude, conspiração e lavagem de dinheiro, desde novembro passado cumpre prisão domiciliar em Nova York. O presidente licenciado da CBF, Marco Polo Del Nero, e o ex-presidente Ricardo Teixeira também foram indiciados pela Justiça dos Estados Unidos. Eles negam participação em qualquer ato ilícito.

Outro brasileiro diretamente envolvido no escândalo é o empresário J.Hawilla. O dono da empresa Traffic está em prisão domiciliar depois de admitir à Justiça americana os crimes de extorsão, lavagem de dinheiro e obstrução e fazer acordo para devolver 151 milhões de dólares. Foi por meio da investigação dos negócios envolvendo uma empresa da qual Hawilla era um dos sócios, a Datisa, que o FBI iniciou suas investigações.

A Copa América Centenário foi um dos torneios negociados por meio de propinas e acordos ilícitos, assim como as Copas Américas de 2015, 2019 e 2023. O FBI entrou na investigação porque dinheiro ilegal das transações passaram pelo sistema financeiro do país.

Os grupos da Copa América Centenário:

GRUPO A – Estados Unidos, Colômbia, Costa Rica e Paraguai

GRUPO B – Brasil, Equador, Haiti e Peru

GRUPO C – México, Uruguai, Jamaica e Venezuela

GRUPO D – Argentina, Chile, Panamá e Bolívia

 

Fonte: Veja

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3510