Jacuipense joga mal e é derrotado pelo Galícia dentro da Arena Valfredão

0

ARENAO Jacuipense perdeu mais uma partida no Campeonato Baiano. Neste domingo (14), na Arena Valfredão, em Riachão do Jacuipe, a equipe foi derrotada pelo Galícia por 2 x 0, com gols na segunda etapa.

Com mais posse de bola e melhor esquema tático, o resultado poderia ter sido pior, já que o Leão do Sisal não esteve numa tarde feliz. Confuso em campo, o time comandado por Beleza não conseguiu em nenhum momento imprimir o seu ritmo e dominar as ações do jogo.

Na primeira etapa, o lance mais importante do Jacuipense aconteceu aos 20 minutos, quando Marcel bateu o seu marcador e tocou com precisão para a chegada de Fagner. Mas o goleiro Robson fez uma grande defesa, colocando a bola para escanteio.

Segundo tempo

Se no primeiro tempo o Jacuipense se comportou mal, na segunda etapa não foi diferente. Mais organizado, o time granadeiro marcou o primeiro gol logo aos 04 minutos, através do atacante Minho.

Encontrando facilidade para trabalhar a bola, o Galícia sempre causou perigo. Os 16 minutos, o atacante Reinaldo fez fila e só não marcou porque o goleiro Rodolfo fez uma grande defesa, colocando a bola para escanteio.

 

Mas, aos 23 minutos, depois de mais um vacilo da zaga, desta vez com a colaboração do goleiro Rodolfo, o Galícia ampliou o marcador através de Leo Breno. O gol veio depois de uma cobrança de falta pela esquerda, mas o zagueiro teve espaço para cabecear.

Sem esperança, a partir do 30 minutos da segunda etapa os torcedores começaram a deixar o campo, enquanto alguns começaram a ensaiar uma vaia e protestar contra a diretoria.

Em campo, o Leão do Sisal ainda tentou reagir, mas não estava numa tarde inspirada. Com duas substituições no intervalo (Juninho no lugar de Marcel e Falcão no de Thiago Orobó), a equipe pouco melhorou. Aliás, Marcel foi o responsável pela melhor jogada da equipe, ainda na primeira etapa. Beleza ainda tirou Fagner e colocou Fumaça na tentava de chegar ao empate.

Aos 41 minutos, Falcão colocou uma bola na trave, este o lance mais perigoso da equipe na etapa final, muito pouco para quem jogava em casa e precisa vencer para poder se recuperar no campeonato.

Na próxima rodada, o Jacuipense enfrenta o Flamengo, em Guanambi, enquanto o Galícia jogo no Estádio Metropolitano de Pituaçu, contra o Fluminense de Feira de Santana.

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário