Ichu: Festa do Padroeiro e Concurso de Máscaras encantam a cidade

0

mascara-3Tudo de bom. Com certeza se resume assim o Concurso de Máscaras, Alegorias e Desfile de Baianas, realizado na última sexta-feira (05), na cidade de Ichu, na região Sisaleira. O evento é organizado pela Secretaria Municipal de Educação através do Departamento de Cultura.

Realizada há 88 anos, esse é um dos momentos mais esperados pelos ichuenses e por milhares de visitantes que desejam participar de uma festa alegre, descontraída e com muita criatividade e irreverência.

 

Esse ano a principal novidade foi a saída de um grupo de baianas formado por moradoras do Conjunto Oscar Cedraz, em homenagem as saudosas Donas Caloura, Isabel e Helena Lorde. Elas se reuniram próximo ao Cemitério local e já encontraram com a Orquestra Muvuka, na Avenida Adalberto Ferreira Santiago.

Apesar de as baianas saírem de outro local, fizeram o percurso para o Centro de Abastecimento, onde todo o ano acontece a concentração, para depois seguir de fato o desfile pelas ruas da cidade.

Com espaço livre, durante todo o trajeto foram surgindo pessoas vestidas com diversos personagens, belas alegorias, mas também algumas máscaras que faziam medo até em adulto.

A cada momento o número de foliões aumentava e rapidamente as ruas de Ichu eram tomadas de muita alegria e animação. Para facilitar, a coordenação da festa convocou nove jurados, ou seja, três por categoria, que avaliaram vários detalhes dos manifestantes.

Além dos grupos concorrentes, bem como pessoas de forma espontânea, tinham também grupos que saíram apenas para se divertir, sem máscaras ou alegorias. Por onde andasse era possível encontrar alegorias pequenas, médias e, claro, grandiosas e cheias de charme.

Uma alegoria representou muito bem uma das frases sobre Ichu: “Abelhas Libertas”. Essa de autoria da turma “É Nóis”. Na rua tinha de tudo, até animais que são apreciados por muitas pessoas, a exemplo do teiú. Ele estava lá.

De tudo

Não, você não está no Egito, com certeza está em Ichu, mas aqui também tem Cleópatras. Elas vieram em grupo. Para aqueles supersticiosos foi sair na rua e dar de cara com uma bruxa. Para piorar a situação, a bruxa tinha um pote com várias porções mágicas. E quando a fumaça da porção mágica subiu, muita gente se assustou, alguns até se benzeram.

Depois de ter feito todo o percurso, houve a concentração em frente ao palco que foi armado próximo aos Correios, onde houve a totalização das notas, com a divulgação dos os resultados e entrega das premiações.

Como aconteceu no ano passado, a TV Subaé esteve presente na festa e mais uma vez mostrou a beleza da festa para todo o Estado. (Com Informações de ALNoticias).

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3510