Nova Fátima: Mãe chora a morte do filho e conta detalhes da ação criminosa

0

FAGNER-PRADOA professora Rosevam Prado de Santana viveu momentos de tristeza e dor no último domingo (29), em Nova Fátima, município localizado no Território da Bacia do Jacuipe. Ela foi testemunha da morte do próprio filho, Fagner Prado, durante um encontro de “paredões”, às margens da BR-324, próximo a sua residência.

Segundo Rosevam, seu filho chegou em casa para guardar a moto, dando a entender que ele não voltaria. Minutos depois, Fagner teria retornado para a festa levando um pedaço de pau. Rosevam contou que a esposa de Fagner avisou que ele estava arranhado e possivelmente teria se envolvido numa briga.

Preocupada, a mãe partiu em direção ao local da festa para tentar evitar o pior. “Quando cheguei, vi meu filho dando uma paulada nas costas de Lila. Ele (o criminoso) sacou uma arma e deu três tiros em Fagner. Não consigo esquecer esta cena”, disse Rosevam à reportagem da Rádio Jacuipe, nesta sexta-feira (04). .

Ela ficou ao lado do filho e pediu socorro. Ao ouvirem os disparos, alguns amigos de Fagner agrediram Lila, que ficou desacordado. O curioso é que ambos foram parar na mesma sala, no Hospital de Nova Fátima, para desespero da mãe. Ao ver o assassino ao lado do corpo do filho, Rosevam começou a gritar: “Foi esse homem que matou meu filho! Prendam ele!”

Em seguida, a professora desmaiou. Lila foi preso ainda no hospital. Fagner era casado e deixou dois filhos; um garoto de um ano e uma menina de sete anos. Rosevam espera que a justiça não solte o autor do crime. “Ele tem que pagar até o fim… até ele se arrepender”, concluiu. 9Com informações do repórter Mário Amaral).

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3509