Riachão: Sol escaldante e calor intenso causam mal-estar aos jacuipenses

0

SOL-QUENTEDevido ao calor intenso e sol escaldante que vem acontecendo em Riachão do Jacuipe nos últimos 15 dias, se estivéssemos em outra época, quando a carta ainda era o principal meio de comunicação, alguém que se comunicasse com uma pessoa mais distante, com certeza escreveria: “Aqui faz verões terríveis”.

Com um sol de queimar a pele e um calor insuportável, consequência do fenômeno El Nino, até mesmo dentro de casa a temperatura tem deixado a população jacuipense incomodada, sem saber o que fazer para se livrar dessa situação.

“Eu não aguento mais esse calor insuportável, que veio para tirar a gente do sério” disse uma comerciária, incomodada pela alta temperatura.

Nesta quinta-feira (26), durante quase toda a manhã, a energia faltou na cidade, prejudicando, inclusive, o comércio, bancos e outros serviços. Sem a energia, não houve como ligar o condicionado ou ventiladores, que servem para amenizar o calor.

Diante do quadro, foi comum ver comerciantes e funcionários nas portas das lojas, fugindo da temperatura insuportável. “Além da crise, que tem prejudicado as nossas vendas, ainda acontece a falta de energia para piorar ainda mais”, disse o comerciante Antero, proprietário da loja Atentos.

Nos bancos, a situação foi a mesma. Sem energia, o sistema caiu e o atendimento ao público foi interrompido. Quem precisou de algum serviço no Banco do Brasil, por exemplo, só pode resolver depois do meio dia, quando a energia retornou.

A falta de energia também prejudicou outros setores da cidade, como emissoras de rádio. Durante quase todo o dia a Rádio Jacuipe esteve fora do ar por causa da energia, que ora faltava, ora retornava fraca. “É uma situação delicada, é melhor deixar fora do ar para não queimar algum aparelho”, disse .Jackson Cordeiro, técnico da emissora.

Reação ao calor insuportável

Nos últimos dias, além do sol quente, um calor de quase 40 graus vem incomodando os jacuipenses. “No inicio, era só durante o dia, mas nas últimas noites o calor tá colando a roupa no corpo. Tá difícil até para dormir”, disse uma pessoa à nossa reportagem.

Com o sol forte e o calor intenso, as pessoas também acompanham as previsões do tempo, na esperança da chegada das chuvas de trovoadas. De acordo com informações colhidas por este site, nos últimos três dias choveu em Umburana (Jacobina), Pedras Altas (Caldeirão Grande) e em Tucano.

Fonte: Site Interior da Bahia

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário