Tanquinho: Município comemora 57 anos de emancipação política e administrativa

0

tanquinho-igrejaTanquinho, cidade que fica localizada às margens da BR-324, completou 57 anos de emancipação político-administrativa nesta sexta-feira (14). Como parte das homenagens ao município, o deputado estadual Carlos Geilson apresentou uma moção de congratulação na Assembleia Legislativa da Bahia.

“Parabenizo a todos os tanquinhense pela passagem desta data comemorativa. Aproveito a ocasião para reafirmar meu compromisso em continuar lutando por dias melhores para esta tão querida terra”, frisou Geilson.

Tanquinho é uma cidade ‘guardada’ pelo Monte da Emancipação, elevação rochosa de beleza inquestionável e que domina a paisagem. O ponto turístico local é assim nominado em alusão ao desmembramento entre Tanquinho e Feira de Santana.

A trajetória do território onde hoje está o município remonta ao século XIX. Na época, os tropeiros, que comercializavam gêneros alimentícios entre Jacobina e Cachoeira, costumavam descansar à margem de uma nascente d’água conhecida como Tanquinho do Gonzaga, distante 2 km da atual sede da cidade.

Em 1879 foi criado o distrito denominado de Tanquinho, subordinado ao município de Feira de Santana. A primeira elevação da localidade à categoria de município foi realizada no ano de 1952, mas apenas dois anos mais tarde o lugar voltou a pertencer a Feira de Santana. Mas, obstinados como são, os moradores de Tanquinho lutaram pela reconquista da independência municipal, finalmente concretizada no dia 14 de agosto de 1958.

Administração

O atual prefeito de Tanquinho é Jorge Flamarion. Nos últimos anos o município vem passando por uma arrancada na sua economia, principalmente com a instalação de vários restaurantes ao longo da BR-324, no perímetro urbano da cidade.

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário