Ranking de público: Palmeiras lidera a Série A e Bahia domina a B

0

IMAGEM_BAHIA_5O Corinthians é conhecido nacionalmente por ter uma torcida fiel. Em 2015, porém, quem vem sendo fiel de verdade é a torcida do Palmeiras, que dá show e ostenta as melhores médias de público e arrecadação das três principais divisões nacionais. Na Série B, quem dá show é o Bahia, enquanto o Fortaleza lidera a disputa na Série C.

Os números apresentados são do site www.srgoool.com.br, que utiliza alguns critérios específicos para estabelecer o Ranking Nacional de Público. São considerados apenas os torcedores pagantes, portanto, não são inclusos gratuidades. Já os jogos com portões fechados também não entram na contabilidade.

Em quatro partidas pelo Brasileirão, o Palmeiras apresenta uma boa média de 32.125 pagantes por jogo. São cerca de cinco mil torcedores a mais que o segundo colocado Flamengo, que tem média de 26.663 pagantes. Na sequência, estão Internacional (24.663), Corinthians (22.298) e Fluminense (17.557).

Na Série B, o Bahia também possuía uma vantagem confortável para os principais concorrentes. O Tricolor tem uma média de 20.605 pagantes por partida. O segundo colocado é Paysandu, com média de 13.250. Em seguida, estão Sampaio Corrêa (10.115), Botafogo (7.801) e Náutico (6.681).

A Série C apresenta números bem mais modestos. O Fortaleza, por enquanto, lidera tranquilamente com uma média de 9.370 pagantes por confronto. O segundo colocado é o Vila Nova, com média de 6.021 pagantes. Os outros destaques são Botafogo-PB (3.818), Confiança (3.738) e América-RN (3.308).

Paulistas decepcionam

Embora o Palmeiras seja líder, o futebol paulista segue envergonhando no quesito público. Dos 11 clubes que disputam as três divisões nacionais, seis estão entre as piores médias. São os casos de Guarani (1.835 pagantes), Portuguesa (1.385), Mogi Mirim (827), Bragantino (752), Oeste (708) e Guaratinguetá (412).

Além de Palmeiras e Corinthians, que aparecem no “TOP 5”, São Paulo, Ponte Preta e Santos possuem boas médias, se comparados com o nível nacional. O Tricolor é o nono colocado, com média de 15.671 pagantes por jogo. A Macaca está em 18ª, com média de 8.882, enquanto o Peixe é o 20º, com 8.477.

O fato curioso é que o time de pior média entre todos os 60 clubes é o Brasil de Pelotas, que possui uma torcida que costuma abarrotar seu estádio. O time, porém, tem média de apenas 320 torcedores. Mas há uma explicação. Nos dois jogos que realizou como mandante, o Xavante foi obrigado a mandá-los em Novo Hamburgo, que fica a 300 km de Pelotas. Isso porque o Bento Freitas está interditado.

Rivalidades
O Palmeiras, como já foi mostrado, possui média de quase dez mil torcedores a mais que o Corinthians, além de dar um banho em São Paulo e Santos. Ainda em São Paulo, a Ponte Preta também apresenta uma média bem superior ao do arquirrival Guarani.

Em outros Estados, também há hegemonias. No Rio de Janeiro, o Flamengo “nada de braçadas” sobre Fluminense, Botafogo e Vasco, que tem média de apenas 4.667 pagantes por jogo. Em Minas Gerais, o Cruzeiro supera o Atlético-MG. Já no Sul, o Internacional está à frente do Grêmio.

Líder da Série B, o Bahia tem uma vantagem de mais 15 mil torcedores a mais que o Vitória. Em Pernambuco, o Santa Cruz incrivelmente está abaixo de Sport e Náutico. O Fortaleza também tem o dobro do rival Ceará. O mesmo acontece com o Vila Nova em cima de Goiás.

(Fonte: Futebol Interior)

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário


Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/inter859/public_html/radiojacuipe.com.br/wp-includes/functions.php on line 3509