Artistas da música junina vão à AL-BA discutir projeto de cotas para o São João

0

artias-albaArtistas da música regional se reuniram na Assembleia Legislativa da Bahia na tarde desta terça-feira (05), às 14h30, para discutir o projeto de cotas que inclui a participação de músicos locais nas festas juninas. O presidente Marcelo Nilo recebeu Zelito Miranda, Del Feliz, Bruninho do Acordeom e outros nomes da música baiana.

“A maior festa da Bahia não é o Carnaval, que ocorre só em Salvador, é o São João, que acontece nos 417 municípios. Esse é um projeto muito importante pois precisamos priorizar as bandas do interior e da capital”, declarou o presidente.

O projeto de cotas foi discutido em parceria com líderes da Oposição e do Governo, Sandro Régis (DEM) e Zé Neto (PT), que apoiam o ato e a valorização da cultura local. O objetivo é destinar parte da verba das Secretarias de Cultura e Turismo para a contratação dos artistas para as festas juninas.

“A ideia é fazer algo idêntico a Pernambuco, que destina 70% da verba destinada aos festejos juninos para os artistas locais e 30% para os artistas de outros estados”, explicou Nilo, que deu um prazo de vinte dias para que o projeto seja apresentado para votação. “Vamos nos esforçar para que o projeto esteja pronto e seja votado antes de Junho”, afirmou o deputado Sandro Régis.

Forró

O encontro foi encerrado com otimismo e um pouco do forró baiano trazido pelos músicos, que não deixaram de agradecer o espaço concedido às suas propostas.

O jacuipense Del Feliz, que aparece na frente da foto de camisa azul, destacou a importância do encontro. “Isso mostra que a Assembleia está sintonizada e valoriza o trabalho dos artistas baianos”, sintetizou.

“Marcelo Nilo nos recebeu muito bem para ouvir nossas ideias. A valorização do profissional de forró da nossa terra precisa crescer na Bahia e eu acho que a Assembleia vai cumprir esse papel”, disse Zelito Miranda.

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário