Feira: Mulher interdita rua por não conseguir vaga em UTI para a mãe

0

Com a mãe internada há mais de 20 dias na policlínica do conjunto Feira X, em Feira de Santana, Elenice Santos de Jesus, resolveu interditar a Rua A do conjunto para protestar pela demora em conseguir uma transferência para o Hospital Clériston Andrade.

Segundo relatos da jovem revoltada, a sua mãe tem problemas nos dois rins, água no pulmão, não consegue andar, e ninguém faz o mínimo possível de esforço para atendê-la de forma digna.

Enquanto não encontra uma solução para que a senhora Jesuíta Carneiro Santos de Jesus, seja transferida, ela continua sendo atendida na Policlínica que não dispõe de estrutura suficiente para o caso

Equipe de Jornalismo

Deixar um comentário